Homem é preso suspeito de manter adolescente em cárcere privado

O indivíduo de 31 anos foi apresentado, nesta terça-feira (18), durante coletiva de imprensa realizada no 13º Distrito Integrado de Polícia (DIP)

Manaus – Um industriário de 31 anos foi preso, nesta segunda-feira (18), suspeito de manter em cárcere privado sua ex-companheira, uma adolescente de 16 anos, em uma residência, na Rua Presidente Figueiredo, no Nova Conquista, bairro Tancredo Neves. Ele foi apresentado, nesta terça-feira (19), nas dependências do 13º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

O homem e a jovem estavam separados a cerca de um mês quando, no dia 9, ambos se encontraram em uma festa e a jovem aceitou ir para casa do ex-companheiro. Segundo a delegada Marília Campelo, titular da DCCM/Anexo, as agressões iniciaram no dia 10. Foram pelo menos dois dias de tortura, quando a irmã  do industriário resolveu relatar o ocorrido para o pai da vítima que, imediatamente, foi até o local e constatou a situação da filha.

Ainda de acordo com a delegada, as agressões foram motivadas após o industriário suspeitar que jovem estava traindo ele, o que deu dando início as agressões. “Ele teria dito que se a jovem quisesse sair, teria que tirar toda a roupa e seguir nua pela rua. A vítima ainda se despiu na tentativa de se livrar do agressor, mas no momento em que ele percebeu que ela teria coragem, resolveu tirar o que é  da vaidade feminina, cortando os cabelos da mesma” relatou.

O pai da vítima, um homem de 44 anos, conseguiu resgatá-la do cárcere privado e a levou a vítima até a DECCM/Anexo para formalizar a ocorrência. O homem foi indiciado por cárcere privado e lesão corporal e encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculina (CDPM).