Homem é raptado no bairro Coroado e executado na AM-010

O motorista por aplicativo Richard Pereira Gonçalves foi executado com quatro tiros e estava com as mãos amarradas. O corpo dele estava pichado com as siglas de uma facção criminosa

Manaus – O motorista por aplicativo Richard Pereira Gonçalves, 41, foi encontrado morto, na tarde desta sexta-feira (16), no Ramal Água Branca, Km 35 da Rodovia AM-010. De acordo com a polícia, ele foi retirado do carro em que estava, no bairro Coroado, zona leste de Manaus, e levado até o ramal para ser executado.

Conforme a polícia, no fim da manhã desta sexta-feira, Richard estava com a companheira em um carro modelo Fiat Mobi, de cor prata, quando uma caminhonete se aproximou e homens o tiraram do carro e o colocaram na picape.

Por volta das 12h50, a equipe da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foi acionada para o Ramal Água Branca, onde encontrou o corpo e acionou as autoridades. Um irmão de Richard foi ao local e disse que ele deixou três filhos.

Richard foi executado com quatro tiros na cabeça (Foto: Divulgação)

Ainda conforme a polícia, Richard chegou a ser preso por tráfico de drogas e usava uma tornozeleira eletrônica para monitoramento. O corpo dele estava pichado com as siglas de uma facção criminosa.

Segundo o Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) a vítima foi executada com quatro disparos de arma de fogo na cabeça e estava com as mãos amarradas. Agentes do Instituto Médico Legal (IML) foram ao local e removeram o corpo. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso.

Anúncio