Homem envolvido em homicídio no Japiim é preso em ramal no Iranduba

O homicídio ocorreu no momento em que a vítima estava instalando cabos de internet

Manaus – Luan Miranda de Melo, 28, foi preso em um ramal no município de Iranduba, na manhã desta sexta-feira (5), por envolvimento do homicídio de Anderson da Silva e Silva, ocorrido no dia 4 de outubro de 2020, no bairro Japiim, zona sul de Manaus. Em fevereiro, o seu comparsa, Willian Moura Costa,  já tinha sido preso.

De acordo com a delegada Marilia Campello, adjunta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o homicídio ocorreu no momento em que a vítima estava instalando cabos de internet.

Luan Miranda foi encaminhado para a sede da Especializada em Homicídios e Sequestros (Foto: Divulgação)

“Essa dupla era antiga empregadora da vítima, que trabalhava com cabos de internet. Ele tinha pedido para sair da empresa e iniciou o trabalho em outra. Até que no dia 4 de outubro, essa dupla passou pelo local onde ele estava trabalhando, onde ele estava em cima de um poste, eles pensaram então que Anderson estava roubando clientes. Um deles sacou um arma de fogo e efetuou os disparos”, revelou a delegada.

Após as prisões dos suspeitos, nenhum deles assumiu a autoria do crime e acusam um ao outro de terem efetuado os disparos na vítima. “Ninguém está confessando a autoria do crime tão covarde, já que a vítima ainda atentou fugir dos suspeitos e foi alvejada mais uma vez pelas costas”, completou Campello.

Luan Miranda foi encaminhado para a sede da Especializada em Homicídios e Sequestros, onde prestou depoimento e passará pelo exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal. Após os procedimentos cabíveis, Luan estará a disposição da justiça.

Anúncio