Homem morre baleado durante tentativa de assalto a ex-cliente de garota de programa

Caso aconteceu no Km 21 do Ramal do Pau Rosa, na BR-174. Vítima reagiu e matou Luciano Kelven Gomes da Silva, 29, com um tiro de espingarda na cabeça

Manaus – Elane dos Santos Amaral, 23, apontada como garota de programa pela polícia, foi presa suspeita de assaltar a casa de um ex-cliente, situada no Km 21 do Ramal do Pau Rosa, na rodovia federal BR-174, zona rural de Manaus. A vítima da tentativa de assalto, um homem de 56 anos, que teve a identidade preservada, matou um dos dois homens que realizaram o crime junto com Elane, com um tiro de espingarda na cabeça, de acordo com o delegado Denis Pinho, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

No momento da crime, Elane e o comparsa fugiram, mas foram capturados pela polícia (Foto: Filipe Távora/Divulgação)

Segundo Pinho, Elane tinha a informação de que o ex-cliente possuía um cordão de ouro e outros objetos de valor. Ainda conforme o delegado, por volta das 21h de quarta-feira (3), ela e os comparsas, Caio Steffeson Barros de Carvalho, 23, e Luciano Kelven Gomes da Silva, 29, assaltaram uma casa situada na zona rural de Manaus, e, armados com terçados, levaram uma motosserra e uma roçadeira.

Depois do primeiro assalto, os três suspeitos seguiram para outra casa, na mesma área. Ao chegarem ao local, o trio abordou o dono, um homem de 56 anos, que teve a identidade preservada. A vítima reagiu ao assalto e matou Luciano com um tiro de espingarda na cabeça. No momento da crime, Elane e Caio fugiram, sem levar nada da casa. Os dois foram presos pela polícia em uma zona rural de Manaus.

O delegado Pinho informou que a polícia aguarda o comparecimento do dono da casa à delegacia, para que possa prestar depoimento. “Estamos aguardando a apresentação dele para fechar o inquérito policial”, disse. Ainda segundo o delegado, Elane, que é garota de programa da região, conhecia a rotina da vítima. “O Caio tem passagem pela polícia por outros crimes, e, inclusive, já tinha um mandado de prisão em aberto por furto”, afirmou.

O responsável pela DEHS, delegado Paulo Martins, afirmou que durante a prisão da dupla a polícia apreendeu a motosserra e a roçadeira roubadas na primeira casa assaltada pelo trio. Elane e Caio responderão por roubo majorado, tentativa de roubo e associação criminosa, sendo enviados à audiência de custódia no Fórum Henoch Reis.

Anúncio