Homem que fingia ser adolescente é preso suspeito de estuprar menina de 11 anos, em Manaus

Wanderlei Pires dos Santos Júnior, 26, foi preso em flagrante. Fato ocorreu, domingo (23), na Rua Esperança, Conjunto Cidadão 1, Cidade Nova, zona norte de Manaus

Manaus – O feirante Wanderlei Pires dos Santos Júnior, 26, foi preso em flagrante suspeito de estuprar uma menina de 11 anos de idade e, ainda, mantê-la em cárcere privado, na casa de um tio, localizada na Rua Esperança, Conjunto Cidadão 1, Cidade Nova, zona norte de Manaus. A garota conheceu o individuo – que se passava por um adolescente, por meio de um jogo de tiros, chamado Free Fire. Foi através dele que Wanderlei pediu o número de telefone da criança e, após inúmeras investidas, conseguiu marcar um encontro, onde abusou sexualmente dela.

O encontro

Na tarde do último domingo (23), ambos se encontraram no Terminal de Integração 3 (T3), na zona norte. Por volta das 17h, a garota solicitou por meio do celular da própria mãe um carro de um serviço de aplicativo (99 Pop). A vítima saiu da casa onde mora, na segunda etapa do Bairro Alvorada, zona centro-oeste da capital, sem  informar aos  familiares onde iria.

Imagem encontrada no celular da mãe da vitima enviada por Wanderlei (Foto: Divulgação)

Segundo informações da mãe da vítima, uma mulher de 27 anos, o suspeito  tratou a criança de forma grosseira, e a obrigou a manter relações sexuais com ele e, ainda, a ameaçou de morte, caso contasse alguma coisa para os familiares. “(Eu quero) Justiça, porque ele estuprou, ele pegou a minha filha, induziu a minha filha, ele abusou dela de todas as  formas. Minha  filha está traumatizada”, disse revoltada a mãe  da  vítima.

A menina retornou para casa com um  motorista de  transporte  por  aplicativo, na última segunda-feira (24), toda suja, cheia de sangue  e  com muita fome. Ao encontrar com a mãe, e bastante assustada, relatou tudo o que havia acontecido.

Para seduzir a menina, suspeito dizia ser adolescente (Foto: Divulgação)

Depoimento

Segundo a Delegada Titular da Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA), Joyce Coelho, a criança confirmou que manteve relações  sexuais com o feirante que, também, confessou o crime. “Ele se mostrou o tempo todo bem seguro e disse que tinha conhecimento do crime que  estava  cometendo. Ele confessou  toda  a violência, inclusive, que teria  estuprado  a  menina  pelo menos duas  vezes”, afirmou a  delegada.

Atenção

Joyce Coelho alertou, ainda, para a  necessidade de atenção aos crimes ‘cibernéticos’, que são aqueles com origem na  internet . “Os pais  precisam estar atentos ao comportamento dos seus filhos. Uma criança pegou um carro, por aplicativo, sozinha, conversava  com um  homem de 26 anos, todo cuidado é pouco”, alertou , em coletiva, a delegada.

Wanderley Pires dos Santos Júnior,  foi  autuado por  estupro de  vulnerável. Após  os  procedimentos  na  delegacia, o  suspeito será  encaminhado para Audiência de  custódia.

Anúncio