Integrante da FDN é preso na comunidade do Pavão, no Rio de Janeiro

Bruno Souza Carvalho, conhecido como ‘Bruno Fiel’, é apontado pela polícia como um dos principais traficantes da facção. Ele foi preso em cumprimento a mandado de prisão por ser cúmplice na morte de uma universitária,

Da redação /redacao@diarioam.com.br

Bruno Souza Carvalho foi preso na manhã deste domingo (Foto: Divulgação)

 

Manaus – O foragido da Justiça do Amazonas Bruno Souza Carvalho foi preso, na manhã deste domingo (4), na comunidade do Pavão, no Rio de Janeiro. A prisão foi realizada em cumprimento mandado de prisão preventiva por Bruno ser cúmplice na morte de Luana Berenice Gonzaga das Neves, 22, estudante de Geografia na Universidade Federal do Amazonas (UFAM), em 2014. Bruno, segundo a polícia, também atua no tráfico e é integrante da facção Família do Norte (FDN).

De acordo com a polícia,  Bruno foi preso às 6h e, na delegacia, chegou a se identificar como Diego, no entanto, após diversas pesquisas pelo setor de Inteligência,  foi identificado pelos policiais no Rio  como ‘Bruno Fiel’, um dos principais traficantes que atua na zona centro-sul de Manaus, juntamente com Adriano Rolim e seu comparsa Mohamed Bashir Júnior, conhecido como Basílio. Todos são integrantes da FDN e procurados pela polícia.

Ainda segundo a polícia, informações apontam a atuação de Bruno no tráfico do complexo do Pavão, Pavãozinho e Cantagalo, no Rio de Janeiro,  como atravessador de armas e drogas provenientes da região Norte do país.