Investigado por vários crimes no Amazonas morre durante abordagem policial em Sergipe

‘Roleta’ era investigado por homicídios, tráfico de drogas e por liderar uma organização criminosa que atua no Amazonas

Manaus – Enilton Cordovil, conhecido como ‘Roleta’, investigado por homicídios, tráfico de drogas e por liderar uma organização criminosa que atua no Amazonas , morreu nesta quinta-feira (21), no município de Simão Dias, no estado de Sergipe. De acordo com policiais civis do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), Enilton foi alvejado no momento de sua prisão, após reagir a abordagem policial.

(Foto: Layena Magalhães)

De acordo com o delegado Rafael Allemand, o indivíduo era alvo da operação ‘Contra-Ataque’, deflagrada no último dia 14 de maio, na capital. “ A operação Contra-Ataque , foi determinada pela delegada-geral da Polícia Civil do Amazonas, Emília Ferraz Carvalho Moreira e teve dois meses de investigação, com o objetivo de averiguar diversas ameaças feitas por traficantes contra agentes de segurança pública do estado”, disse.

Ainda de acordo com Rafael, o suspeito além de ser procurado no estado no Amazonas era também procurado no estado do Ceará, onde tinha passagem pela polícia por roubo a banco. Enilton estava foragido da Justiça desde 2018.

“No Amazonas ele era o número um, responsável por liderar uma facção criminosa no estado. O mesmo era responsável por organizar todos os ataques a facção rival na nossa região. Chegou também ao nosso conhecimento que Enilton estava projetando todas as fugas dos presídios Amazonas e estava arquitetando um plano para explodir todas as unidades prisionais do estado para que os detentos pudessem fugir” explicou o delegado.

Outras treze pessoas foram presas durante a operação. Destes, cinco pertencem ao “alto escalão” da mesma facção criminosa que ‘Roleta’.

Anúncio