Investigador da PC e mulher são presos por extorsão e ameaça

O investigador Erick Adriano de Souza e a mulher dele foram presos na manhã de hoje, em Presidente Figueiredo. Casal estava sendo investigado há cerca de dois meses

Da Redação / [email protected]

Manaus – O investigador de Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) Erick Adriano de Souza, 40, e a mulher dele, 33, que não teve o nome divulgado, foram presos, na manhã desta terça-feira (13), por extorsão e ameaça, em Presidente Figueiredo (a 107 quilômetros ao norte da capital). As informações foram repassadas pela PC, por meio de assessoria de imprensa.

Segundo a PC, o casal estava sendo investigado há dois meses pelo Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e pela da 37ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Presidente Figueiredo. Eles foram presos na casa onde moravam, por volta das 6h, por equipes do DRCO, do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera) e por um representante da Corregedoria da PC-AM.

Um mandado de prisão preventiva do casal foi expedido no dia 6 de junho deste ano, pelo juiz da Comarca de Presidente Figueiredo, Odílio Pereira da Costa Neto. Até a publicação desta matéria, a PC-AM não havia repassado mais detalhes sobre o caso.

Anúncio