Jovem é preso por infanticídio, homofobia, tentativa de feminicídio e lesão corporal

Casos aconteceram em Maués, no interior do Amazonas. Umas das vítimas é a ex-companheira do suspeito, que estava grávida

Manaus – Arlen Nunes Freitas, 18, foi preso no município de Maués (a 276 quilômetros a leste de Manaus) por infanticídio, homofobia, tentativa de feminicídio e lesão corporal grave.

A prisão do suspeito aconteceu nesta quinta-feira (19) por policiais da 10ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) em Maués.

Arlen foi preso por infanticídio, homofobia, tentativa de feminicídio e lesão corporal grave (Foto: Divulgação/PMAM)

De acordo com informações da polícia, Arlen foi detido no bairro Santa Luzia, após ter agredido um homem, deixando-o com inúmeras escoriações, cortes e hematomas pelo corpo, acompanhado de diversas ofensas homofóbicas.

A outra vítima é a ex-companheira de Arlen, que estava grávida e foi violentamente agredida com socos na cabeça e chutes na barriga, que ocasionaram a perda do bebê.

Arlen foi encaminhado ao 48º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para os procedimentos cabíveis e está à disposição da justiça.

Anúncio