Jovem perde dedos ao ser atingido por carro de professor de jiu-jitsu, no Dom Pedro

David Santos de Mendonça, 33, foi autuado em flagrante por embriaguez ao volante e lesão corporal de trânsito. Homem ainda tentou agredir fisicamente a polícia

Manaus – O professor de jiu-jitsu David Santos de Mendonça, 33, foi autuado em flagrante, na madrugada deste sábado (28), por dirigir bêbado e causar um acidente de trânsito, que deixou uma pessoa ferida. O fato aconteceu na Rua Martin Afonso de Sousa, bairro Dom Pedro, zona centro-oeste da cidade.

Durante a abordagem policial, David demonstrou resistência e chegou a tentar agredir fisicamente os militares. (Foto: Divulgação/PC)

O acidente aconteceu após David ter feito uma manobra imprudente, que acabou atingindo um jovem de 24 anos, que conduzia uma motocicleta. O rapaz, de acordo com a PC, perdeu dois dedos de uma das mãos. Ele foi levado ao Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Platão Araújo, onde recebeu atendimento médico.

Policiais militares da 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados para atender a ocorrência, e, conforme a PC, ao notar a chegada dos policiais, David foi até uma academia, onde estava bebendo com amigos, e pediu a um deles para que assumisse a autoria do acidente. Porém, uma testemunha relatou aos policias que era o professor de jiu-jitsu quem estava conduzindo o carro no momento do acidente.

Durante a abordagem policial, David demonstrou resistência e chegou a tentar agredir fisicamente os militares. Ele foi submetido ao teste de bafômetro, em que foi confirmado que havia ingerido bebida alcoólica. Por ter ingerido além do permitido em lei, foi caracterizado embriaguez ao volante.

David Santos de Mendonça foi conduzido ao 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foi autuado em flagrante por embriaguez ao volante e lesão corporal de trânsito. Ele será levado para Audiência de Custódia no Fórum Henoch Reis.

Anúncio