Lavador de carros é executado com tiros de escopeta e pistola, em Petrópolis

O crime aconteceu por volta das 18h45 desta quinta-feira (11). Armados, os suspeitos chegaram em dois carros, de cores e placas não identificadas, desceram e disparam contra a vítima

Manaus – O lavador de carros Patrick Wheyne Oliveira dos Santos, 34, foi executado com quatro tiros, de escopeta calibre 12 e pistola calibre 9 milímetros, na Rua Arnaldo Carpinteiro Peres, bairro Petrópolis, zona sul de Manaus, na noite desta quinta-feira (11). Câmeras de segurança de uma empresa flagraram toda a ação, de acordo com o delegado Luiz Rocha, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Lavador de carros foi executado com quatro tiros (Foto: Jucélio Paiva/Divulgação)

O crime aconteceu por volta das 18h45. Armados, os suspeitos chegaram em dois carros, de cores e placas não identificadas, desceram e disparam contra a vítima.

O tiro de escopeta calibre 12 atingiu a cabeça do lavador de carros, e os outros disparos acertaram braço, costas e coxa direita da vítima, que morreu na hora.

Familiares fizeram o reconhecimento do corpo de Patrick ainda no local do crime. Eles não quiseram comentar sobre o ocorrido, mas, segundo o delegado Rocha, disseram desconhecer a autoria e motivação para o assassinato.

Ainda segundo o delegado, duas câmeras de segurança de uma empresa, posicionadas em direção onde a vítima foi executada, devem ser solicitadas para ajudar a equipe da DEHS na investigação. “Amanhã (sexta-feira) a equipe de investigação retornará ao local. A princípio, a família disse que a vítima não tinha nenhuma passagem (pela polícia) e nem estava sendo ameaçada de morte, mas vamos fazer uma entrevista melhor lá na delegacia”, disse Rocha.

No local do crime, peritos do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) recolheram cápsulas de escopeta calibre 12 e de pistola calibre 9 milímetros.

O corpo do lavador de carros seguiu para o Instituto Médico Legal (IML), na zona norte da capital.