Lutador de jiu-jitsu é executado durante comemoração de aniversário

De acordo com familiares, Agno Júnior Brito da Silva era usuário de entorpecentes, mas não tinha envolvimento com o tráfico

Manaus – O lutador de jiu-jitsu Agno Júnior Brito da Silva, 35, foi executado, na madrugada desta quarta-feira (12), em frente a casa onde morava, durante a comemoração de seu aniversário. O crime aconteceu na Rua José Maria Pinto, bairro Japiim, zona sul da capital.

A vítima estava na calçada da residência, acompanhada de amigos e familiares, quando um carro modelo Celta, de cor preta, chegou efetuando diversos disparos de arma de fogo contra Agno.

Segundo informações de familiares, o homem era usuário de entorpecentes, mas não teria envolvimento com o tráfico. Por isso desconhecem a motivação do homicídio.

Agno chegou a ser socorrido por familiares e encaminhado ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Coroado, na zona leste, mas morreu a caminho do atendimento. O corpo foi removido da unidade hospitalar e levado ao Instituto Médico Legal (IML), na zona norte de Manaus. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Agno Júnior Brito da Silva foi executado, na madrugada desta quarta-feira (12) (Foto: Divulgação)