Marceneiro é morto com quatro tiros na cabeça após briga em bar

Vítima estava com amigos no estabelecimento quando começou uma discussão. Após os disparos, os homens fugiram em um carro modelo Voyage, cor prata, de placa não identificada

Crime aconteceu na Rua Presidente Dutra, no bairro São Raimundo (Foto: Yago Frota)

Manaus – O marceneiro Alberto de Souza Azamora, 49, morreu na madrugada deste domingo (9), ao ser atingido com quatro tiros na cabeça após uma briga com quatro homens em um bar, localizado na Rua Presidente Dutra, no bairro São Raimundo, zona-oeste de Manaus.

De acordo com a equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o crime aconteceu por volta das 1h da manhã, quando Alberto estava com amigos em um bar na zona-oeste e começou a discutir com os criminosos. Após os disparos, os homens fugiram em um carro modelo Voyage, cor prata, de placa não identificada.

O marceneiro foi levado ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do São Raimundo, mas não resistiu, e morreu por volta das 4h de hoje.

A DEHS afirma ainda, que os suspeitos do crime foram identificados, mas não podem ter o nome divulgado e que continuará com as investigações.

Anúncio