Médico é baleado nas costas dentro de carro no Hospital João Lúcio

O médico, que fazia plantão no ‘Joãozinho’, estava no carro de uma fisioterapeuta, 32, que não quis se identificar

Manaus – O médico ortopedista Marcelo Brito, 55, foi baleado nas costas, dentro de um carro modelo HB20 hatch, de cor branca e placa não informada, que pertence a uma fisioterapeuta, 32, que não quis ser identificada. O caso aconteceu na noite desta segunda-feira (4), no estacionamento do Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, localizado na Avenida Cosme Ferreira, bairro Coroado, zona leste de Manaus. A situação de saúde do médico é estável e ele não corre risco de morte.

De acordo com a Polícia Militar do Amazonas (PMAM), o carro foi confundido por “supostos” policiais civis com outro veículo de mesmo fabricante e cor, porém modelo sedan, roubado na manhã desta segunda-feira. Ainda de acordo com a PM, a guarnição foi acionada para dar apoio aos “supostos policiais civis”, mas não foi a responsável pelos tiros.

“Um suposto policial civil pediu apoio aos policiais militares, que não conseguiram identificar o policial e seu companheiro. Esses supostos policias civis disseram que dentro do carro havia homens armados e eles fizeram os disparos. Na hora do alvoroço, as duas vítimas saíram do carro, e os policiais civis viram que não se tratava de criminosos e evadiram do local”, explicou o major Harley, plantonista do Comando Geral de Policiamento Ostensivo (Cgpo).

Marcelo, que fazia plantão no Hospital ‘Joãozinho’, estava no carro da amiga fisioterapeuta para entregar uma receita, segundo a mulher. Ela também contou que não ouviu nenhum comando de parada, somente o barulho dos disparos no carro.

“Eu não ouvi nada, somente as balas no carro. Eles atiraram muito. Quando eu abri a porta, eles vieram muito nervosos e se identificaram como policiais civis. Eles me ‘esculacharam’ e foram embora. Foi tudo muito rápido”, completou a vítima, que não foi socorrida pelos autores.

A perícia foi acionada para fazer a análise no local, que continha cápsulas de projéteis pelo chão, próximas ao carro alvejado.

Quanto ao carro roubado na manhã desta segunda, foi confirmado o seu abandono no estacionamento do Hospital João Lúcio. O dono do veículo, que não foi identificado, foi até o local e constatou que era o carro de sua propriedade.

O caso foi registrado no 14° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Ortopedista foi baleado dentro de um carro no estacionamento do HPS João Lúcio (Foto: Natasha Pinto/Divulgação)

***Matéria atualizada às 23h58 para acréscimo de informações***

Anúncio