Médico é preso após matar o ‘atual’ da ex-mulher, em Manaus

O médico Sidnei Carvalho Cavalcante, 55, está custodiado na sede da Delegacia-Geral da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM). Ele é médico legista no IML

Manaus – O médico Sidnei Carvalho Cavalcante, 55, foi preso suspeito de matar com um tiro na coxa o vigilante Edvaldo de Almeida Santa Rita Filho, 29, dentro da casa onda a vítima morava com a ex-mulher do médico, localizada na Rua 160 do Núcleo 7, bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus, na manhã de sábado (24).

O vigilante Edvaldo morreu com um tiro na coxa (Foto: Divulgação)

O procedimento de flagrante foi realizado no 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), mas policiais civis do local informaram, na manhã deste domingo (25), que o médico está custodiado na sede da Delegacia-Geral da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), no bairro Dom Pedro, zona centro-oeste da cidade.

Sidnei é médico legista no Instituto Médico Legal (IML). A suspeita é que o crime tenha ocorrido durante uma discussão do médico com a ex-mulher dele, de nome não divulgado, por causa do filho do casal.

De acordo com a equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o vigilante atingido com o tiro na coxa ainda foi socorrido e levado até o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, na zona leste, mas não resistiu, porque o disparo atingiu a artéria.

A polícia não informou se a arma usada pelo médico foi apreendida. A reportagem do GRUPO DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO (GDC) esteve na casa onde o crime aconteceu, mas o local estava fechado.

Crime aconteceu na casa onda a vítima morava com a ex-mulher do médico (Foto: Jucélio Paiva/Divulgação)