Médico veterinário é preso temporariamente por tentativa de estupro à estagiária

O homem foi conduzido para até a sede da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) para prestar depoimento

Manaus – No fim da manhã desta quinta-feira (17), o médico veterinário Pedro Monteiro da Silva Junior, 60, foi preso temporariamente e conduzido até a sede da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) para prestar depoimento sobre uma tentativa de estupro a uma estagiária, em sua clínica veterinária na zona Norte de Manaus.

Ele veio acompanhado dos filhos, advogado e policiais civis da própria DECCM, que procuraram o suspeito em três endereços no bairro Manoa, mas só o encontraram o suspeito, escondido dentro de uma igreja evangélica em frente da clínica veterinária de Pedro Monteiro.

Os filhos do médico veterinário, que não quiseram se identificar, disseram que o pai está sendo acusado injustamente pela jovem de 21 anos, Bianca Alves, que fez um post a rede social Instagram, denunciando o assédio.

blank

O post da jovem, foi na última quinta-feira (10), onde a vítima relata com detalhes a ação do médico veterinário. Este era o primeiro dia de estagiária da jovem estudante universitária na clínica veterinária.

A Polícia Civil recebi informações de que está, não seria a primeira vítima de Pedro Monteiro da Silva Junior, agora os investigadores estão apurando se há outras vítimas do médico veterinário.

Anúncio