Motorista de aplicativo é sequestrado por grupo armado, no Novo Aleixo

Homens estavam armados com fuzis. À Polícia Civil, a vítima contou que um segundo carro envolvido na ação criminosa transportava dois corpos para serem enterrados no Ramal no Brasileirinho

Manaus – Um motorista de um aplicativo de transporte, que não teve a identidade revelada, foi vítima de sequestro, após ter sido assaltado por homens fortemente armados, nesta segunda-feira (13), no bairro Novo Aleixo, zona norte de Manaus. De acordo com informações da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), a vítima disse que, durante a ‘corrida’, os suspeitos davam instruções aos comparsas, que estavam em outro carro. Conforme a vítima, no veículo ocupado pelos comparsas havia dois corpos, que seriam enterrados no Ramal do Brasileirinho, zona leste da capital.

Segundo informações repassadas pelo 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), a motorista relatou, na unidade policial, que ao término de uma corrida, por volta das 15h, um grupo armado com fuzis o abordou e, em seguida, ordenou que ele fosse em direção à zona leste da cidade. Durante o trajeto, o motorista contou que ouviu uma conversa entre os suspeitos, que tratavam sobre o local onde os corpos seriam enterrados. Os sequestradores, que estavam no carro da vítima, davam o direcionamento aos parceiros do outro carro.

Ao chegarem ao Ramal do Brasileirinho, os sequestradores abandonaram o motorista e levaram o carro dele. Desesperado, o homem procurou a polícia e relatou o que havia acontecido. O carro da vítima foi abandonado pelos criminosos horas depois. O veículo foi recuperado pela polícia.

Até a noite desta terça-feira (14) nenhum suspeito do caso foi preso. A PC-AM segue com as investigações.

Aos policiais do 6º DIP, o motorista contou que os suspeitos tratavam sobre o destino dos corpos (Foto: Jimmy Geber/Arquivo-GDC)