Motorista que atropelou cinco pessoas na Avenida Djalma Batista é preso

José Eduardo Moura vai responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, lesão corporal culposa na direção de veículo automotivo e condução de veículo de motor sem a permissão para dirigir

Manaus – O Personal Trainer José Eduardo Moura, 22, foi preso em flagrante na tarde desta quinta-feira, após receber alta médica no Hospital 28 de agosto. Ele era o motorista do carro que perdeu o controle e atropelou cinco pessoas na manhã desta quinta-feira (13), em uma parada de ônibus localizada entre as avenidas Mario Ypiranga e Djalma Batista, na Zona Centro-Sul.

Foto: Vanessa Goudim

Dos cinco feridos, três tiverem ferimentos leves e receberam alta médica. Deusdete Teles de Souza, 40, sofreu fratura nas duas pernas e passou por cirurgia. Depois foi encaminhado ao Hospital João Lúcio para fazer tomografia. Cleomar das Neves Alencar, 56, não resistiu a uma cirurgia e morreu por volta de 8h55 da manhã no Hospital 28 de Agosto.

Segundo o delegado Marcos Arruda, titula do 1º Distrito Integrado de Polícia (Dip) após receber alta médica, José foi preso e encaminhado ao 1º Dip onde foi flagranteado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, lesão corporal culposa na direção de veículo automotivo e condução de veículo de motor sem a permissão para dirigir, já que José Eduardo não possuía carteira de motorista.

O delegado informou que José deve ser ouvindo ainda na quinta-feira e no dia seguinte vai ser encaminhado ao Centro de Recebimento e Triagem (CRT), onde vai passar por audiência de custódia e vai ficar a disposição da justiça.

Anúncio
Anúncio