MP-AM solicita e corpo de assassinado em 2015 é exumado para identificar causa da morte

O processo de retirada dos restos mortais teve o objetivo de esclarecer a causa da morte de Fredson Ferreira da Silva, vítima de um homicídio ocorrido em 2015

Manaus – O corpo de Fredson Ferreira da Silva, vítima de um homicídio ocorrido em 2015, em Iranduba (a 27 quilômetros a sudoeste de Manaus), foi exumado, na manhã desta sexta-feira (14), com o objetivo de esclarecer a causa da morte, segundo a Polícia Civil. O procedimento ocorreu após a polícia receber requerimento do Ministério Público do Amazonas (MP-AM).

De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu no dia 24 de abril de 2015. A motivação do crime foi pela disputa por território e uma possível dívida relacionada ao tráfico de drogas. A Polícia Civil informou que Altemar Benedito Barbosa Serrão Júnior, Márcio Oliveira Carvalho e Bruno de Jesus Oliveira, autores do homicídio, já estão presos.

Crime aconteceu em 2015 (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

O processo de retirada dos restos mortais teve o objetivo de esclarecer a causa da morte de Fredson. O pedido partiu do MP-AM. Assim que for concluído, o laudo complementar, a ser emitido pelo Instituto Médico Legal (IML), será encaminhado à Justiça, conforme a Polícia Civil.

A exumação foi realizada pela equipe do Posto de Policiamento Integrado (PPI) do Distrito de Cacau Pirêra, em Iranduba, com o apoio de peritos do Instituto de Criminalística (IC) e médicos legistas do IML.