Mulher denuncia marido por 14 anos de agressão, no Tancredo Neves

Ela têm três filhos com o agressor, uma menina de 14 anos e dois meninos, um de quatro ano e outro de apenas 10 meses

Manaus – Um mulher de 39 anos, que teve o nome preservado, pediu ajuda para se livrar das agressões do próprio companheiro, na manhã sexta-feira (11), na 14• Delegacia Interativa de Polícia (DIP), localizada na avenida Autaz Mirim, no bairro Tancredo Neves, zona leste da capital.

Segundo a vítima, o marido, de 35 anos, André Paes de Oliveira, comete as agressões há mais de 14 anos na casa em que eles moram, na rua São Lucas, no bairro Tancredo Neves. Ela têm três filhos com o agressor, uma menina de 14 anos e dois meninos, um de quatro ano e outro de apenas 10 meses.

(Foto: Ceylla Monick)

A vítima foi até a unidade policial para registrar um boletim de ocorrência após ser agredida pelo marido e pela própria irmã, que segundo ela é o pivô das constantes brigas na casa. “A minha irmã fala que meus filhos não são do meu marido. A minha própria irmã! Eu tenho três filhos com ele”, disse a vítima.

A mulher trabalha em uma construção civil e durante esta manhã se ausentou do trabalho após sofrer as agressões do marido. Ela compareceu à delegacia com o machucados e pedia desesperadamente por ajuda. “Eu não aguento mais, me ajuda! Eu não aguento mais viver isso, eu preciso de ajuda, pediu a vítima.

Policiais da unidade policial levaram a vítima ao Instituto Medido Legal (IML) para fazer os exames de corpo de delito, após os procedimentos cabíveis, André Paes de Oliveira será preso, o mesmo foi enquadrado na lei Maria da Penha.