Mulher é morta a facadas por ser ‘muito bonita’, no Santa Etelvina

Segundo a polícia, o suspeito estava sob efeito de bebida alcoólica, e disse que a vítima era ex-namorada dele, alegando que matou a mulher porque descobriu que ela o havia traído. Família nega

Manaus – A vendedora de salgados Caroline de Souza Costa, 25, morreu na noite desta quinta-feira (21), após ser atingida com cinco facadas por um homem identificado como José Luiz Melo Lopes, 36, na frente da casa onde morava com a família, localizada na Rua Nossa Senhora de Fátima, bairro Santa Etelvina, zona norte de Manaus, segundo informações da delegada Wagna Costa, do 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Caroline de Souza Costa, 25, morreu na noite desta quinta-feira (21), após ser atingida com cinco facadas por um homem, na frente da casa onde morava com a família. (Foto: Divulgação/Família)

Conforme Costa, o suspeito estava sob efeito de bebida alcoólica, e disse, na delegacia, que Caroline era ex-namorada dele, alegando que matou a mulher porque descobriu que ela o havia traído. Porém, o irmão da vítima, o vendedor de salgados Wellington Costa Rodrigues, 34, disse que Caroline não conhecia o suspeito, mas que era assediada por José Luiz porque era “muito bonita”.

Conforme o irmão da vítima, José Luiz andava embriagado pelas ruas do bairro Santa Etelvina, dizendo que namorava a vítima, por ela ser bonita. “Eu vi ele vindo bêbado na rua e ainda alertei minha irmã. ‘Entra que lá vem o bêbado’, mas ela continuou na frente de casa esperando nossa outra irmã, que trabalha na Receita Federal”, disse.

O crime foi por volta das 17h30. Conforme Wellington, a irmã estava na frente de casa quando o suspeito chegou de surpresa e desferiu o primeiro golpe na altura do abdômen de Caroline. A mulher caiu e foi esfaqueada mais quatro vezes, nos braços e tórax. A vítima ainda foi socorrida dentro de uma viatura, por policiais militares da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), e levada até o Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz, na zona norte, mas no início da noite, foi transferida para o Hospital e Pronto Socorro Platão Araújo, na zona leste de Manaus, mas não resistiu.

A faca usada pelo suspeito no crime foi apreendida pelos policiais militares da 26ª Cicom. Segundo a delegada Wagna Costa, o suspeito deve prestar depoimento somente na manhã desta sexta-feira (22), porque estava com sinais de embriaguez. No entanto, a delegada informou que o suspeito deve ser autuado em flagrante pelo crime de feminicídio.

Anúncio