Mulher é presa no distrito do Cacau Pirêra por receptação e tráfico de entorpecentes

Equipe de polícia chegou até a infratora quando investigava o furto de um aparelho celular

Manaus – Malena Nonato Alves, 25, foi presa em flagrante, nesta quinta-feira (18), pelo crime de receptação e tráfico de entorpecentes. A prisão foi efetuada na Rua 8, no Distrito de Cacau Pirêra, município de Iranduba (distante 27 quilômetros em linha reta da capital), pela equipe de polícia do Posto de Policiamento Integrado (PPI) de Cacau Pirêra, sob o comando da delegada-geral Emília Ferraz e coordenação do delegado Orlando Amaral.

A prisão de Malena Nonato Alves foi efetuada pela equipe de polícia do Posto de Policiamento Integrado (PPI) de Cacau Pirêra (Foto: Divulgação/PC-AM)

Segundo Orlando Amaral, em princípio, a equipe de polícia estava investigando o furto de um aparelho celular. “A vítima do furto recebeu um e-mail informando que havia sido trocado o chip do celular. Então, nós identificamos o novo chip como sendo da infratora, fomos até a casa e encontramos o aparelho”, comentou o titular.

De acordo com a autoridade policial, na ocasião, também foram apreendidas, na casa de Malena, 20 porções de maconha dentro de uma sacola de plástico. “Questionada sobre as drogas, ela nos disse que não sabe da procedência. Afirmou, ainda, que não comercializa os entorpecentes e que não é usuária”, detalhou ele.

Ainda segundo Amaral, a respeito do celular, Malena comentou que, inicialmente, não sabia que o produto era de origem de furto. Ela disse ainda que comprou o aparelho pelo valor de R$ 50 e que não conhece o indivíduo que a revendeu, mas que ele costuma transitar próximo ao mercado e à escola municipal do distrito.

Procedimentos

Malena foi autuada pelos crimes de receptação e tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis no PPI, ela será encaminhada para a carceragem da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Iranduba.

Anúncio