Operação conjunta da Polícia Civil prende 11 pessoas em Manaus

A operação iniciou na segunda-feira, seguindo até a manhã desta quinta-feira

Manaus – Em operação conjunta da Polícia Civil, 11 pessoas foram presas por crimes como estupro, roubo, porte ilegal de arama de fogo, homicídio, tráfico de drogas, entre outros. As prisões ocorreram desde até a última segunda-feira (14) até a manhã desta quinta-feira (17), todas na zona oeste de Manaus.

(Foto: Divulgação / SSP)

Alex de Souza Cerdeira e Antônio Pedra da Silva, foram presos por estupro, enquanto Ednelson Silva Santos e Joel Vieira do Santos por estupro de vulnerável.

Foram presos pelo crime de roubo, Charles Junior da Silva Araújo, Geandro de Souza Queiroz e Sandro Abreu Ribeiro. Quem teve o mandado de prisão cumprido também, foi Miqueas Rocha da Silva por posse ilegal de arma de fogo.

Além destes, Izequiel Pereira Magno foi preso por homicídio e Wendel Keyser Franco Silva por receptação, uso de documento falso e adulteração veicular. A prisão em flagrante foi de Carlos Renato Ribeiro, por tráfico de drogas e posse de munição de uso restrito.

De acordo com o delegado Alessandro Albino, diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), a operação ‘Sentinela’ ocorreram também em outras regiões. “Pretendemos abranger ainda mais essas operações, queremos fazê-la em todas as regiões de Manaus, não somente na oeste”, disse.

O delegado Rodrigo Barreto, da 4ª Seccional Oeste, completou dizendo que a operação buscou prender infratores com mandados de prisão em aberto. “Eles moravam nesta região ou cometeram crimes na zona oeste. Muitos deles são crimes deste ano e outros já estavam abertos há algum tempo, mas tiveram um fim nesta semana”, finalizou.

Anúncio