Operação policial prende integrantes de facção e apreende 150 kg de drogas

Oito membros de uma organização criminosa foram presos durante a Operação Contra-Ataque da DRCO

Manaus – O Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) da Polícia Civil do Amazonas deflagrou nesta quinta-feira (14) a Operação Contra-Ataque. Oito integrantes de uma organização criminosa foram presos, 150 kg de entorpecentes entre cocaína e maconha foram apreendidos, além de armas de fogo e dois veículos.

Segundo a diretora-adjunta do DRCO, delegada Marna de Miranda, a operação é o resultado de uma investigação que iniciou há dois meses, e buscava identificar e qualificar membros de uma facção criminosa que ameaçavam policiais militares que atuam no bairro Compensa, na zona oeste de Manaus.

Durante a Operação Contra-Ataque também foram apreendidas armas de fogo e dois veículos (Foto: Yago Frota/GDC)

As prisões aconteceram tanto em Manaus, quanto no município de Iranduba, na Região Metropolitana. Durante as investigações, foi constatado que uma carga de drogas, enviada ao grupo criminoso, estava sendo trazida para a capital.

“A operação foi deflagrada ontem [quinta-feira, 14] em razão da informação da chegada desses entorpecentes, que vieram de Iranduba. As equipes se dividiram e conseguiram prender em flagrante as pessoas que estavam transportando os entorpecentes”, explicou a delegada Marna de Miranda.

De acordo com o DRCO, a droga estava escondida em uma região alagada e seria distribuída na capital. Logo depois, a carga seria enviada para outros Estados.

No total, oito pessoas foram presas, dentre cumprimento de mandados e prisões em flagrante. A operação contou com o apoio de policiais civis, da Delegacia Fluvial (Deflu), integrantes do grupo Fera e Canil da Polícia Militar do Amazonas.