Operação ‘Zodíaco’ desarticula organização criminosa em Manaus

A organização criminosa praticava diversos roubos e furtos e clonagem de veículos na capital. Os veículos adulterados eram enviados para o interior do estado

Manaus – Deflagrada na manhã desta quinta-feira (22),  a operação “Zodíaco”, desarticulou  uma organização criminosa responsável por roubos, furtos e clonagem de veículos em Manaus. A ação foi realizada por meio da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos e Defraudações (Derfv) e da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

Em coletiva de imprensa o delegado Cícero Julio, titular da 11º Distrito Integrado de Polícia (Dip), informou que a ação cumpriu 12 mandados de prisões judiciais e na apreensão de três motocicletas, uma picape, dois carros e os seus respectivos documentos. Há aproximadamente seis meses a unidade policial havia iniciado as investigações para que chegassem a essa organização criminosa atua em Manaus há mais de dois anos.

“Diversos integrantes da quadrilha já haviam sido presos durante outras operações da Derfv, em razão de ações policiais da própria Polícia Militar (PM). Conseguimos identificar a coexistência dessa organização criminosa que opera há um bom tempo aqui em Manaus, realizando a encomenda de motocicletas e principalmente para roubos e frutos, depois elas eram clonadas e adulteradas. Remetidas para o interior do estado do Amazonas”, explicou Cícero.

Alguns dos integrantes da organização criminosa já haviam sido presos anteriormente em razão de outras ações policiais, não só na Derfv, mas também pela Polícia Militar (PM), e de outros órgãos de segurança pública. Através de buscas domiciliares realizadas durante esta quarta-feira (21), a polícia identificou parte dos integrantes, e até o fim da manhã desta quinta-feira (22) os inquéritos foram fechados, mas seguem as investigações para identificar se há mais algum integrante oculto. Conforme o delegado a organização criminosa atuava com a divisão de três núcleos, eles eram: gerencial, operacional e logístico.

“Um dos integrantes da quadrilha que fazia parte do núcleo logístico, ele trabalhava em uma embarcação que fazia, justamente, essa rota, daqui de Manaus para os municípios de Autazes e Uricurituba. Em razão da facilidade de acesso a embarcação para que fossem levados os veículos para o interior do estado, por parte desse integrante da quadrilha. Acreditamos que por conta disso, eles tinham essa rota para encaminhar esses veículos para esses interiores” disse o titular da Derfv.

De acordo com o levantamento da especializada, os líderes da quadrilha pagavam para os outros setores uma quantia em dinheiro menor, enquanto os eles ficavam a maior parte do faturamento. Segundo o delegado, eles ostentavam com carros de luxos e armas de fogo, além de festas e drogas. Os integrantes desta associação criminosa estão sendo indiciados por organização criminosa, receptação e furto qualificado e alteração de documentação de veículos. Eles serão encaminhados ao CRT, onde ficarão à disposição da justiça.

Anúncio