Ossada humana é encontrada envolvida em corda na Feira da Banana

Restos mortais foram encontrados na manhã desta quinta-feira (5). Polícia Militar isolou o local, onde havia uma cova rasa na areia, próxima às margens do Rio Negro

Manaus – Uma ossada humana foi encontrada por carregadores do Porto da Manaus Moderna, na manhã desta quinta-feira (5), em frente a Feira da Banana, na Avenida Lourenço da Silva Braga, zona sul da capital. Os trabalhadores informaram que os restos mortais estavam envolvidos em uma corda.

De acordo com a Polícia Militar, a ossada foi encontrada por volta das 9h30. A 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foi acionada e isolou o local, onde havia uma cova rasa na areia, próxima às margens do Rio Negro.

Ossada foi encontrada por carregadores do Porto da Manaus Moderna (Foto: Ceylla Monick / Divulgar)

A equipe policial não tinha mais informações sobre a ocorrência até a chegada da feirante Aurelina de Lima Medeiros, que disse que a ossada, possivelmente, era do filho Handeson Medeiros Marques de Lima, de 31 anos.

“’Mamãe, eu não posso morar com a senhora, tenho que ficar na rua’. Eu perguntei por que?. Ele disse ‘por causa do problema que eu tenho’. Ele era usuário (de droga). Aí ele saiu de casa, mas todos os dia ia tomar café e almoçar com a gente. Eu dava dinheiro pra ele e ele amarrava o meu carro (de feira). Todo santo dia eu pagava pra ele me ajudar a amarrar o meu carro”, contou a mulher.

Ossada pode ser de um homem desaparecido há mais de seis meses (Foto: Ceylla Monick/Divulgação)

Handeson tinha três filhos e estava desaparecido há pouco mais de seis meses. Aurelina informou que soube da provável morte do filho por um amigo dele, que chegou na banca dela, na feira, e informou sobre a localização da ossada. Na época do desaparecimento, como não tinham provas, o caso foi esquecido.

Uma equipe do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) compareceu ao local para realizar a perícia. O Instituto Médico Legal (IML) também foi acionado para remover a ossada.

Anúncio