Pacientes de policlínica na zona leste são assaltados e suspeito foge em micro-ônibus

De acordo com uma enfermeira que preferiu não se identificar, o suspeito entrou na unidade de saúde se passando por paciente, por volta de 7h30, desta quinta-feira (7)

Manaus – Um homem ainda não identificado e trajando calça jeans, camisa vermelha e boné marrom, além de usar cavanhaque, é suspeito de assaltar duas pessoas, na manhã desta quinta-feira (7), dentro da Policlínica Zeno Lanzini, na Avenida Autaz Mirim, 7.035, bairro Tancredo Neves, zona leste da capital.

De acordo com uma enfermeira que preferiu não se identificar, o suspeito entrou na unidade de saúde se passando por paciente, por volta de 7h30, e após sentar próximo a recepção do local, teria puxado uma pistola, anunciado o assaltou e roubado dois aparelhos celulares, um cordão, uma aliança e uma quantia em dinheiro.

Policlínica Zeno Lanzini, na zona leste de Manaus (Foto: Yago Frota)

Os policiais da 14ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados para atender a ocorrência, mas chegando no local, as vítimas disseram que o suspeito havia fugido em um micro-ônibus ‘amarelinho’.

Um porteiro contou à equipe de reportagem do GRUPO DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO (GDC), que a movimentação foi intensa e que muitos pacientes ficaram assustados com a abordagem do homem. A polícia investiga a identidade do assaltante e conta com auxílio das câmeras de segurança internas e externas do local.

Anúncio