Pânico: homem é assassinado dentro de hospital particular, em Manaus; veja vídeo

De acordo com as primeiras informações, mais de 20 disparos de arma de fogo foram ouvidos no local. Imagens de câmeras de segurança gravaram toda ação

Manaus – Um homem, ainda não identificado, foi executado por um pistoleiro dentro do Hospital Santa Júlia, localizado na Avenida Ayrão, zona centro-sul de Manaus, na noite desta quarta-feira (25). Conforme as primeiras informações, mais de 20 disparos de arma de fogo foram ouvidos no local. Imagens de câmeras de segurança gravaram toda ação e o pânico de pacientes, acompanhantes e funcionários.

Em um vídeo publicado no aplicativo WhatsApp, é possível ver o momento em que a vítima entra correndo na unidade de saúde. Na tentativa de se esconder do criminoso, o homem cai no meio da recepção e então é alvejado pelo suspeito. Algumas pessoas, entre elas crianças, estavam no local e as mães tentavam proteger os filhos sem saber onde se esconder. Funcionários do hospital se esconderam atrás do balcão.

Segundo informações do delegado plantonista da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Luiz Rocha, imagens de câmeras de segurança do hospital serão analisadas e testemunhas serão ouvidas para ajudar na localização do suspeito.”Fomos acionados para o local, coletamos as imagens, vamos analisar e iniciar as diligências para tentar localizar a autoria do crime”, disse. O delegado informou, também, que a vítima já tinha sido presa anos atrás.

Ainda de acordo com Rocha, a vítima, que era ‘guardador de carros’ em frente ao hospital, foi alvejada com cerca de nove tiros. A DEHS vai investigar o caso.

Nota

Por meio de nota, o Hospital Santa Júlia informou que, “na noite desta quarta-feira, 25, por volta das 20h25, um homem ainda não identificado, foi baleado e veio a óbito na recepção do hospital, depois de entrar em fuga, na tentativa de se esconder de um outro homem que o perseguia. Nenhuma outra pessoa se feriu”.

A nota diz ainda que “o hospital se dispõe a colaborar com a Polícia, a quem caberá o esclarecimento do acontecido”.

Vídeo: Reprodução

***Matéria atualizada as 23h17***

Anúncio