Parte das armas roubadas de coronel foi para outro Estado, aponta investigação

Armas faziam parte do arsenal do coronel Fernando Valente e foram roubadas no último sábado (3). Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv) segue com as investigações

Manaus – Após o roubo de 108 armas de fogo, que faziam parte do arsenal do coronel Fernando Valente, policiais da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv) seguem com as investigações para localizar os suspeitos do crime. O roubo aconteceu no último sábado (3). Além das armas, os suspeitos levaram o carro da família, localizado posteriormente.

No último domingo (4), um dia após o roubo, o carro da família foi encontrado por policiais civis na Rua da Glória, bairro Glória, zona oeste de Manaus, por volta das 15h. Poucas horas depois, um carro modelo Tucson, de cor prata, usado pelos criminosos para roubar a casa, foi localizado pelos investigadores em um ramal no bairro Tarumã, na mesma zona, onde foi ateado fogo para dificultar as investigações.

O carro da família foi encontrado por investigadores em um ramal no bairro Tarumã (Foto: Divulgação)

Conforme o delegado da Derfv, Cícero Túlio, ainda no mesmo dia foram determinadas as perícias nos carros. Uma das linhas de investigação, que surgiu a partir de informações coletadas durante a semana, aponta que parte das armas foi destinada para outro Estado.

“Pelo que foi relatado pela vítimas, os suspeitos tinham pleno conhecimento dessas armas, que eram acondicionadas em um quarto projetado, justamente para acondicionamento dessas armas de fogo”, disse o delegado.

A Derfv segue com as investigações sobre o caso para localizar as armas e prender os envolvidos.

Anúncio