PC apreende celulares roubados que eram revendidos na zona leste; três são presos

Segundo a polícia, três homens são suspeitos de se organizar para escoar os produtos roubados para revenda. Quase 40 aparelhos e carcaças foram apreendidos

Manaus – Daniel Souza da Silva, 23, e Elivan Pereira Alves, 19, foram presos suspeitos de roubarem celulares, na zona leste de Manaus, e venderem os aparelhos a Thiago de Menezes dos Anjos, 30, que também foi preso. Apresentados à imprensa, na tarde desta quinta-feira (12), o trio é suspeito de se organizar para escoar os roubos para revenda. À reportagem, os suspeitos negaram os crimes. Com eles, foram apreendidos 39 telefones e carcaças dos aparelhos.

O trio vai responder por associação criminosa (Foto: Jimmy Geber/Divulgação)

De acordo com o delegado Ricardo Cunha, titular do 4º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Daniel foi preso por policiais militares da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Ele foi preso suspeito de ter roubado o celular de uma mulher e, em depoimento, afirmou que Elivan foi comparsa no roubo.

O delegado afirmou, também, que a vítima do roubo confirmou que Daniel não tinha praticado o crime sozinho. Segundo Cunha, os policiais civis do 4º DIP prenderam Elivan, em um galpão abandonado, na Rua Palmeira do Miriti, comunidade Grande Vitória, bairro Gilberto Mestrinho, zona leste.

Em depoimento, de acordo com o delegado, Daniel e Elivan confessaram estar roubando celulares há oito dias, em diferentes bairros da zona leste. Também em depoimento, segundo Cunha, a dupla afirmou que Thiago era o responsável pela compra dos celulares roubados, que eram vendidos em uma assistência técnica localizada na Rua Augita, bairro Tancredo Neves, zona leste.

No estabelecimento comercial, os policiais civis apreenderam 39 celulares e carcaças sem nota fiscal. “Ambos confessaram que praticavam esses delitos e levavam esses celulares para uma terceira pessoa, que é o Thiago. Daniel e Elivan identificaram quatro aparelhos celulares que eles repassaram para Thiago”, disse o titular do 4º DIP.

blank

Aparelhos foram levados ao 4º Distrito Integrado de Polícia (Foto: Jimmy Geber/Divulgação)

Cunha afirmou que, para roubar, os homens usavam uma motocicleta amarela, que foi apreendida com uma placa de outra moto. À reportagem, Thiago negou que os celulares apreendidos são telefones roubados. Elivan também negou, em entrevista, ter roubado os telefones.

De acordo com o delegado, Daniel e Elivan foram autuados em flagrante por roubo majorado. Já Thiago foi autuado por receptação qualificada. O trio também vai responder por associação criminosa. Os três foram levados a Audiência de Custódia, no Fórum Henoch Reis, na zona centro-sul.

Anúncio