Pedreiro morre em hospital após ser atingido com tiro na cabeça, no Santa Etelvina

Familiares desconhecem a motivação para o crime e afirmam que a vítima nunca se envolveu com “coisa errada”. Homem foi morto próximo à casa onde morava

Manaus – O pedreiro Antônio Fábio da Silva e Silva, 35, morreu, no último sábado (3), no Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio, localizado na zona leste da capital, após ser vítima de arma de fogo. Antônio foi baleado na noite da última sexta-feira (1°), por volta das 23h, na rua onde morava, na Alameda A, Travessa 08, Loteamento Jardim Fortaleza, bairro Santa Etelvina, zona norte da cidade.

Homem morreu no Hospital João Lúcio, horas após dar entrada baleado na unidade (Foto Reinaldo Okita)

Segundo informações da Polícia Civil (PC), o pedreiro foi atingido com um tiro na cabeça. Conforme os familiares da vítima, Antônio estava sentado em uma pedra, bem próximo a sua casa, quando ouviram, aproximadamente, quatro disparos.

“Não sabemos o que aconteceu, ele era bastante conhecido aqui na área. Sempre foi gente de bem, nunca se envolveu com coisa errada”, disse o cunhado da vítima, Carlos Oliveira.

A família não soube informar o que ocasionou o crime e nem suspeitos da autoria. Segundo eles, ninguém viu ou soube informar quantas pessoas poderiam estar envolvidas.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Anúncio