Pedreiro morre em unidade médica após ser baleado na cabeça na zona oeste de Manaus

Homem, de 32 anos, foi abordado por dupla em motocicleta. Segundo familiares, vítima trabalhava em um estaleiro do bairro Compensa

Manaus – Um homem identificado como Edilson Castro Vieira Filho, de 32 anos, morreu na noite desta segunda-feira (9), após ser atingido com tiro na cabeça, na Rua Campos Sales, bairro Compensa 3, zona oeste de Manaus.

Segundo informações da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o homem foi baleado por volta das 18h40, e socorrido por familiares e levado ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Joventina Dias, no mesmo bairro.

Vítima foi levada ao SPA Joventina Dias (Foto: Reprodução/Raquel Miranda)

A família informou à polícia que o homem era pedreiro e trabalhava em um estaleiro, também na Compensa. A vítima foi surpreendida por dois suspeitos, não identificados, em uma motocicleta, de cor preta. Um deles atirou contra a vítima e, na sequência, fugiu com o outro comparsa.

A vítima deu entrada no SPA, ainda passou por procedimento cirúrgico, mas não resistiu e morreu por volta das 20h. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para remoção do corpo.

Anúncio