Perseguição policial termina em morte e prisão no Armando Mendes

Na perseguição, o garupa disparou contra os policiais, que ao revidarem, atingiram o infrator que caiu da moto

Manaus – João Carvalho da Silva, 35, foi preso e José Jesus Xavier Lima Junior, 20, morreu após confronto com policiais militares, ao cometerem arrastões na noite desta quarta-feira (9), no bairro Armando Mendes, zona leste de Manaus.

De acordo com policiais da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam), uma guarnição estava fazendo um patrulhamento de rotina, quando por volta de 23h15, receberam uma denúncia que uma dupla estava cometendo assaltos na região.

Os policiais ainda chegaram a socorrer José para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade hospitalar (Foto: Divulgação)

Quando chegaram na rua Marcelo Santos, no bairro Armando mandes, identificaram a dupla em uma motocicleta, em seguida tentaram abordar a dupla, fazendo sinais sonoros, o que não foi respeitado pelos suspeitos que tentavam fugir.

Ainda segundo a Rocam, com o início da perseguição, o garupa que era José, disparou contra os policiais, que revidaram e atingiram o infrator e caiu da moto. João que pilotava a motocicleta, parou na hora.

Os policiais ainda chegaram a socorrer José para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade hospitalar.

João foi preso em flagrante e sem ferimentos. Com ele foi apreendido, além da motocicleta modelo CG 160 Start, cor cinza e Placa QZX-4D48, com restrição de roubo, também foram encontrados posse do infrator um revólver calibre .38, com duas munições de mesmo calibre intactas e três deflagradas, além de quatro celulares.

A dupla já tinha passagens pela polícia, João por adulteração de sinal identificador de veículo, roubo e tráfico de entorpecentes. Já no caso de José, as passagens são por roubo, porte ilegal de arma de fogo e estava com um mandado de prisão em aberto, por porte ilegal de arma de fogo.

Os suspeitos foram levados para o 14º DIP, para os devidos procedimentos.

Anúncio