PM desmonta rinha de galos e criação ilegal de pássaros na Raiz

Dois homens foram presos pela prática de crime ambiental e autuados em flagrante no 1º Distrito Integrado de Polícia, na zona sul da cidade

Manaus – O Batalhão de Policiamento Ambiental da Polícia Militar deteve dois homens por crimes de maus tratos a animais silvestres no bairro Raiz,  na zona sul de Manaus, na manhã de sábado (8). No local, os militares encontraram mais de 40 galos que, possivelmente, eram usados na prática ilegal de briga de animais, as “rinhas”.

Segundo informações do CPAmb, as viaturas ambientais 1979 e 1984, durante fiscalização ambiental em Área verde no Distrito Industrial, flagrou um dos homens de posse de pássaros Silvestres (Curió). O rapaz afirmou que os animais eram de sua propriedade, mas não possuía nenhuma documentação do Órgão Ambiental.

Na abordagem policial, ao todo, 44 galos foram resgatados e, alguns deles, estavam machucados (Foto: Divulgação)

Os militares foram até a casa do suspeito no bairro da Raiz, e ao chegarem ao local foram apreendidos mais 2 Curiós na posse de outro homem, que também não tinha nenhum documento comprovando a legalidade em relação aos pássaros encontrados, a única documentação apresentada foi uma Licença de Operação vencida.

Durante a fiscalização ambiental no criadouro ilegal foi observado uma grande quantidade de galos que normalmente são usados em “rinhas”, o que acarretou numa busca pelos fundos da propriedade onde foi localizado vários cubículos com esses animais e uma arena, onde possivelmente ocorriam as brigas dos animais.

Diante da situação foram apreendidos 44 (quarenta e quatro) galos nos cubículos, destes alguns visivelmente machucados, além de vários  apetrechos como seringas, suplementos para cavalo, tesouras, esporas e buchas, que são utilizados para a  prática criminosa de maus-tratos.

Os suspeitos foram levados para o 1° Distrito Integrado de Policia (DIP).

Anúncio