Polícia Civil prende mulher condenada por agredir fisicamente companheira do amante

Kirlian Rebelo da Silva teria entrado na casa da esposa de seu amante e a agredido gravemente, além de injuriar a vítima com ofensas de cunho racista

Manaus – Kirlian Rebelo da Silva, 39, foi presa, em cumprimento de mandado de prisão, em razão de sentença condenatória, pelos crimes de lesão corporal e injúria, cometido contra a companheira do então amante dela. A mulher foi presa na rua Henrique Archer Pinto, bairro Santa Luzia, zona sul da capital, durante ação deflagrada pela equipe de investigação do 7º Distrito Integrado de Polícia (DIP), nesta quarta-feira (19).

(Foto: Divulgação/SSP)

Segundo o delegado Fabiano Rosas, titular da unidade policial, o crime ocorreu no dia 2 de março de 2011. Kirlian,, teria entrado na casa da esposa de seu amante e a agredido gravemente, além de injuriar a vítima com ofensas de cunho racista.

“Logo que houve a condenação, iniciamos as diligências a fim de localizá-la, e conseguimos encontrá-la na tarde desta quarta, quando cumprimos a ordem judicial expedida no dia 23 de julho de 2019, pelo Juiz Rivaldo Mato Norões Filho, da 1ª Vara Criminal”, explicou Rosas.

Kirlian cumprirá pena de quatro anos e nove meses, em regime semiaberto, pelos crimes de lesão corporal e injúria. Após os procedimentos cabíveis, ela foi encaminhada para a Central de Recebimento e Triagem (CRT) e ficará à disposição da Justiça.

Anúncio