Polícia prende homem acusado de cometer vários homicídios desde 2015

‘Mano B’ confessou em depoimento ser o responsável por quatro homicídios

Manaus – Bruno Pereira Magalhães, 25, mais conhecido no mundo do crime como ‘Mano B’, foi preso na tarde desta quarta-feira (20) por policiais do 20º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e 4ª Seccional Oeste, em cumprimento a mandado de prisão preventiva. Ele é acusado de cometer vários homicídios desde 2015.

A prisão de ‘Mano B’ foi realizada por uma equipe do 20º DIP, na tarde de quarta-feira (20) (Foto: Divulgação)

Em coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (21), o delegado titular do 20º DIP, Rodrigo Barreto, explicou que o mandado é decorrente ao crime de homicídio de David de Souza Braz, 26, no dia 8 de julho de 2017, no município de Iranduba (a 27 quilômetros a sudoeste de Manaus). Ele foi preso em sua residência, no Jorge Texeira.

“Nós chegamos até ele depois das divulgações de imagens mostrando armamentos, poderio da facção criminosa. Nas investigações, descobrimos que Bruno era uma dessas pessoas. Foi quando averiguamos que ele tinha mandando de prisão em aberto. Fizemos uma campana em frente a sua casa, para confirmar que ele estava o local e, após isso, efetuamos a prisão”, disse.

Ainda durante as investigações, o delegado disse que descobriram que ‘Manos B’, atuava no comando do tráfico de drogas em dois bairros de Iranduba, mas dava as ordens na capital.

Bruno confessou em depoimento ser o responsável por três homicídios além do de David: Israel dos Santos Gama, no dia 14 de julho de 2016, Railson da Silva Menezes , no dia 22 de abril de 2017, e Sidney Souza da Conceição. Além disso, ele é investigado pelo homicídio de Ezequiel do Nascimento da Silva, que ocorreu no dia 29 de setembro de 2015.

“Todos os homicídios são voltados ao tráfico de drogas. De pessoas que denunciavam, de facções rivais, quem se colocava contra o crime organizado. Em alguns destes homicídios, Bruno participou diretamente e outros foi o mandante do crime” completou o delegado Barreto.

‘Mano B’ será encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde passará pela audiência de custódia, que será realizada por videoconferência.