Polícia prende pistoleiro do narcotraficante João Branco

Danrley é considerado de alta periculosidade pela polícia e apontando como participante na morte de pelo menos nove pessoas

Manaus – Danrley Erik dos Santos Sousa, 20, conhecido como Dan Dan, foi preso pela polícia, na Comunidade Nova Vitória, bairro Gilberto Mestrinho, na zona leste de Manaus, em cumprimento ao mandado de prisão por homicídio. Danrley é apontado pela polícia como integrante de um bando, denominado ‘Trem Bala’, que recebia ordens diretas de João Pinto Carioca, o João Branco, que está preso em uma unidade do sistema prisional, para executar outras pessoas.

A prisão de Danrley foi efetuada na tarde da última segunda-feira (15), e conforme o delegado titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Juan Valério, ele é suspeito de cometer nove homicídios.

“Ele é suspeito de nove homicídios, mas só confessou a participação em três. Ele admitiu os crimes onde teve participação mínima, mas isso não exclui o seu envolvimento nos crimes”, disse o delegado.

(Foto: Raquel Miranda)

Valério afirmou que o jovem era considerado peça chave no bando. Por ter prestado serviço obrigatório no exército, Danrley acabou adquirindo técnicas que eram usadas na organização criminosa, como o uso de armamentos, apontou o delegado.

“Ele era considerado uma peça importante na facção, que além de traficar, executava. A área de atuação do bando era na zona leste”, acrescentou.

Para a polícia, Danrley é considerado de alta periculosidade. Segundo o delegado, a PC e Exército vão investigar, em conjunto, se o jovem cometeu outros crimes enquanto integrava a corporação.
Além de Danrley, mais seis infratores faziam parte da associação criminosa, de acordo com o delegado. Destes, cinco já foram presos e um foi a óbito.

Procurados

As investigações em torno do caso devem continuar. O delegado ressaltou que a polícia tem trabalhado para tentar localizar e prender Magdiel Barreto Valente, conhecido como Magnata.
“Ainda vamos prender mais três integrantes que ainda não foram anunciados porque ainda não saiu o mandado de prisão”, completou.

blank

De acordo com o delegado, Magdiel foi responsável por fazer a escolta da esposa de João Branco, em visita ao detento na cadeia (Foto: Reprodução)

O delegado disse, ainda, que irão investigar outras pessoas que fazem visitas a detentos nas unidades prisionais e que são usadas para passar informações.

“Nós sabemos que eles têm esse direito, mas, muita vezes, são essas pessoas que trazem os recados de dentro da cadeia, com ordens de execução. E isso não os livra da participação no crime, todos o que auxiliam de alguma forma serão indiciados”, finalizou.

Dez na TV – pistoleiro de João Branco é preso:

Polícia prende pistoleiro do narcotraficante João Branco:

Posted by TV Diário – Record News Manaus on Friday, January 19, 2018

Anúncio