Presa após filhos serem encontrados abandonados é solta em audiência de custódia

Dois bebês foram resgatados por PMs, em Manaus, em cima de um colchão sem cobertor, sujas e cobertas de fezes, no último domingo. A mãe, de 18 anos, deve cumprir medidas cautelares

Manaus – A Justiça concedeu liberdade provisória à mulher, de 18 anos, que foi presa por abandono de incapaz, no último dia 1º de abril, após os filhos terem sido flagrados abandonados, em um colchão, sem roupas e sujos de fezes, dentro de uma casa, no bairro Novo Israel, zona norte de Manaus. A mulher recebeu liberdade provisória após ser submetida a uma Audiência de Custódia, dia 2 de abril.

A policial militar Millane de Paula com a criança de 35 dias resgatada em uma quitinete (Foto: Reprodução)

A liberdade provisória foi concedida, pela Justiça, mediante a mulher se comprometer a atender medidas cautelares, como comparecimento à Justiça, a cada 30 dias, para informar e justificar atividades; e proibição de se ausentar de Manaus quando a presença dela for necessária para investigação.

Outras medidas são a participação no Projeto Reeducar, programa do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM) que visa criar oportunidades de ressocialização do preso, além de submissão a acompanhamento, por seis meses, junto a Central Integrada de Acompanhamento de Alternativa Penal do Amazonas (Ciapa).

Os filhos dela, um recém nascido, de um mês e cinco dias, e um bebê, de um ano e cinco meses, foram socorridos por policiais militares da 18ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) após moradores denunciarem que os meninos estavam chorando, há quase 24 horas, e trancados na casa, conforme o Auto de Prisão em Flagrante, registrado pela equipe da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

O registro policial aponta, também, que as crianças estavam em cima do colchão sem nenhum cobertor, sujas e cobertas de fezes. Os policiais informaram que o imóvel não tinha ventilação de ar e que não havia água para servir às crianças. O recém nascido estava com pulsação fraca.

Ainda conforme o registro, a mãe das crianças foi atrás dos filhos na 18ª Cicom, na zona norte, “visivelmente embriagada e sob efeito de droga, com os seios vazando leite”. O pai dos meninos informou aos policiais que irá regulamentar a guarda dos filhos na Justiça, já que havia pedido para cuidar deles, mas a mãe negou.

À equipe da Depca, conforme o registro policial, a mulher afirmou que saiu de casa, por volta de 4h, “para beber com os amigos” e que deixou um amigo em casa cuidados dos filhos.