Presa mulher acusada de aplicar ‘golpe da casa própria’ em Manaus

Heloísa cobrava de R$ 3 mil a R$ 5 mil das vítimas, que pagavam o valor em parcelas

Manaus – Heloísa Araújo de Menezes, 36, foi presa acusada de aplicar ‘golpe da casa própria’. Segundo informações, ela se passava por funcionária da Suhab e oferecia facilidades no cadastro para as casas do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, em troca de valores em dinheiro.

Heloísa foi presa em flagrante pelo crime de estelionato (Foto: Divulgação)

Atualmente, a infratora responde a mais 40 boletins de ocorrência. Segundo o chefe de investigações do 12° DIP, Geraldo Filho, em 2016 Heloísa já havia sido presa pelo mesmo crime, e atualmente estava no regime semi aberto.

“Ela é profissional em enganar pessoas que tem o sonho da casa própria, que tem projeto de casa própria pela Suhab e que fazem suas inscrições honestamente. Ela se propõem em ajudar, cobrando um valor para facilitar”, explicou.

Em média, Heloísa cobrava de R$ 3 mil a R$ 5 mil das vítimas, que pagavam o valor em parcelas. “Hoje fomos procuramos por duas mulheres, continuamos as diligências e a prendemos em flagrante pelo crime de estelionato”, disse o chefe de investigações.

“Quem reconhecer a Heloísa, pode vir até o 12° DIP ou na delegacia em que registrou o Boletim de Ocorrência para que seja realizado o inquérito policial e para que o caso não fique impune. Que ela pague pelo crime que continua cometendo”, enfatizou Geraldo.