Presidiário é morto com oito tiros no Riacho Doce 2

Juscelino Rocha Conceição, 19, foi morto, com oito tiros, na noite desta segunda-feira (29), por dois ex-presidiários. Segundo a polícia, o homem havia saído do Compaj na sexta-feira (26)

Manaus – Juscelino Rocha Conceição, 19, que era presidiário, foi morto, com oito tiros, na noite desta segunda-feira (29), por dois ex-presidiários, na Rua 16 de Agosto, no conjunto Riacho Doce 2, bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o crime.

Juscelino Rocha Conceição, 19, foi atingido por oito tiros, sendo dois no braço esquerdo e o restante na cabeça e no pescoço. (Foto: Girlene Medeiros/Divulgação)

Conforme a família, Juscelino estava respondendo processo por porte ilegal de arma. Conforme a DEHS e equipe de policiais militares da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o homem havia saído do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) na sexta-feira (26). Ainda conforme a 6ª Cicom, os autores do crime passaram, a pé, na via que também é a rua onde morava Juscelino.

O homem foi atingido por oito tiros, sendo dois no braço esquerdo e o restante na cabeça e no pescoço. Até a publicação desta matéria, a autoria do crime era desconhecida para a Policia Civil. A DEHS segue a investigação para descobrir quem são os autores do crime.

Anúncio