Preso suspeito de assassinar mulher em quarto de ‘hotel’, no Centro de Manaus

Carlos Maky Mota do Nascimento foi preso na tarde desta quarta-feira (21). Vítima foi morta com dez facadas na região do pescoço e dos braços

Manaus – Carlos Maky Mota do Nascimento, de idade não divulgada, foi preso na tarde desta quarta-feira (21), em Manaus, apontado como o principal suspeito do feminicídio que vitimou a auxiliar de serviços gerais Maria de Lurdes Palheta, 41, ocorrido na noite de terça-feira (20), no quarto de um ‘hotel’, no Centro da capital. A informação foi confirmada pelo delegado-geral adjunto da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), Orlando Amaral.

Carlos Maky é apontado como o principal suspeito da morte de Maria de Lurdes Palheta (Foto: Divulgação/PMAM)

Maria de Lourdes foi assassinada com dez facadas na região do pescoço e dos braços. Ela foi encontrada despida dentro do banheiro de um dos quartos do hotel, localizado na Rua Lobo D’Almada. Câmeras de segurança do local flagraram a chegada e a saída do suspeito. Antes de sair do hotel, o homem disse para um funcionário que a vítima tinha ficado no banheiro tomando banho. Ele deixou o estabelecimento a pé.

Carlos presta depoimento, na noite desta quarta, na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), zona leste de Manaus. O delegado Orlando Amaral informou que o suspeito deve ser apresentando durante coletiva de imprensa, na manhã desta quinta-feira (22), na sede da DEHS, onde a PC-AM vai dar explicações sobre a motivação para o assassinato da mulher.

Esse foi o segundo caso de feminicídio ocorrido em menos de 24 horas na cidade. Na madrugada desta terça-feira, a caixa de supermercado Aline Pâmela Machado, 26, foi morta à pauladas pelo ex-marido, Douglas Ricardo Silva da Costa, 25, que se entregou à polícia, ainda na tarde de terça-feira. O crime aconteceu na Comunidade Nossa Senhora de Fátima, bairro Cidade Nova, zona norte. Na ocasião, a mãe de Aline também foi agredida à pauladas pelo suspeito.