Preso suspeito de esquartejar motorista de aplicativo em Manaus

Seis pessoas foram presas com arma de fogo nesta quarta (20), entre elas Felipe Patrício, suspeito de ter matado motorista em dezembro

Manaus – Seis pessoas foram presas nesta quarta-feira (20) com armas de fogo, durante operação das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), entre elas, Felipe Patrício da Silva, 21, suspeito de ter envolvimento na morte do motorista de transporte por aplicativo, Marcos Teixeira Maia, 27, que foi encontrado esquartejado em dezembro de 2020. A prisão dos suspeitos aconteceu no bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus.

Felipe estava sendo procurado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). O crime aconteceu em 23 de dezembro do ano passado, Marcos foi encontrado esquartejado, dentro do porta-malas do veículo que trabalha como motorista de aplicativo, na Rua Domício Santos, bairro Cidade de Deus, zona norte de Manaus.

blank

Felipe Patrício da Silva (Foto: Divulgação)

Durante operação da Rocam, além da prisão dos homens, foram apreendidas, seis armas de fogo, drogas, munições intactas e uma balança de precisão. Os seis homens foram conduzidos à sede da DEHS, na zona leste da capital para procedimentos cabíveis.

Anúncio