Quadrilha presa antes de assalto planejava roubar R$ 30 mil de empresário, diz PC

Grupo foi preso na tarde desta terça-feira, perto de uma agência, no bairro Alvorada. Com a quadrilha, foram apreendidos três carros, uma motocicleta, um revólver e munições

ManausUma quadrilha de sete criminosos foi presa em flagrante antes de roubar um empresário, no momento em que ele chegava em uma agência bancária para efetuar depósito de R$ 30 mil, na manhã desta terça-feira (19), por volta das 11h, na rua Lóris Cordovil, no Alvorada, zona centro-oeste de Manaus. De acordo com a Polícia Civil, não houve confronto durante a prisão.

Quadrilha de sete criminosos foi presa em flagrante antes de roubar um empresário (Foto: Eraldo Lopes)

De acordo com o delegado Adriano Felix, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), a equipe responsável pelo caso conseguiu prender todos os sete envolvidos, que se aproximaram da agência bancária, à espera do empresário, em quatro veículos.

“A partir de uma denúncia anônima, a equipe da Derfd começou a acompanhar essa associação criminosa, cujos membros, de alta periculosidade, respondem por vários roubos e homicídios”, disse. Dentre os veículos envolvidos no crime, segundo Felix, uma motocicleta seria usada como principal meio de fuga.

Ainda de acordo com o delegado, os veículos utilizados no crime não foram roubados. Seis indivíduos da associação criminosa já respondem por outros crimes, dentre os quais constam roubos e homicídios.

Felix explicou que o chefe do grupo, Jhon Carlos da Chagas Souza, 37, o ‘Maranhão’, arquitetou toda a ação, reunindo e comandando seis homens: Alexsandro Nobre Ferreira, 24; Jackson da Costa Caldera, 31, o ‘Pará’; Jean Carlos Santos de Castro, 25; Rogério Mousinho Cativo, 30; Thiago de Oliveira Litaiff, 33; e Wilton Mesquita Chaves, 49, o ‘Baiano’.

Eles foram autuados em flagrante por roubo majorado tentado e associação criminosa armada. A quadrilha deve ser levada para audiência de custódia, no Fórum Henoch Reis, bairro São Francisco, zona sul de Manaus.

Alerta a empresários

A polícia ainda não se sabe quem foi a fonte que informou aos criminosos sobre a rotina do empresário. A equipe da Derfd não descarta a possibilidade de ter sido alguém de dentro da própria empresa da vítima.

“Alguns empresários têm o hábito de depositar, em toda segunda-feira, o dinheiro lucrado no fim de semana. Então, peço cuidado aos homens de negócio, para que esses depósitos bancários, logo após os finais de semana, não se tornem costume, gerando oportunidades para mais crimes desse tipo”, alertou Adriano Felix.

***Texto atualizado às 15h.