‘Rafinha’ é preso suspeito de matar homem que roubava e chamava atenção policial

Rafael Felipe Bernal Mesquita é apontado como o responsável pela morte de Rareson Frazão Lima, que supostamente praticava furtos, chamava a atenção da polícia e prejudicava o tráfico na região

Manaus – Rafael Felipe Bernal Mesquita, 23, o ‘Rafinha’, foi preso por policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), na tarde da última sexta-feira (8), no bairro Jorge Teixeira, zona leste da capital. Ele é suspeito de matar o jovem Rareson Frazão Lima, 19, no dia 8 de janeiro deste ano.

De acordo com o informações do delegado adjunto da DEHS, Charles Araújo, que estava a frente das investigações, Rafael teria matado a vítima porque a mesma praticava pequenos furtos pela comunidade Cidade Alta.

Rafael Felipe Bernal Mesquita, 23, o ‘Rafinha’, negou ter matado Rareson Frazão Lima, 19, no dia 8 de janeiro deste ano (Foto Raquel Miranda)

“Testemunhas afirmaram que ele é o autor deste homicídio. As informações que chegaram até nós, são de que a vítima já estava sendo avisada, porque praticava pequenos furtos no local e chamava a atenção da polícia, o que incomoda o tráfico de drogas no local, do qual o Rafael faz parte. Essa teria sido a motivação”, disse o delegado.

Rareson foi atingido com três disparos de arma de fogo, na noite do dia 8 de janeiro, quando saía de casa. Rafael, ao ser apresentado no prédio da DEHS, na manhã desta terça-feira (12), negou o crime. “Eu não conhecia ele. No dia que isso aconteceu, eu estava em casa e depois fui lanchar com um amigo”, relatou o suspeito. Ele afirmou, ainda, ter passagem pela polícia por receptação.

Rafael foi indiciado por homicídio qualificado e será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).