Suposto envolvido em morte de motorista de aplicativo é preso

Felipe Albuquerque da Silva, 20, é apontado como participante da morte de Isaac de Oliveira Ferreira, 25, no dia 8 de setembro de 2018

Manaus – Felipe Albuquerque da Silva, 20, foi preso suspeito de participar do assassinato do motorista de aplicativo, Isaac de Oliveira Ferreira, 25, no dia 8 de setembro de 2018, no ramal do Pau Rosa, quilômetro 21 da BR-174. De acordo com o titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Paulo Martins, Isaac e mais três homens foram para o ramal para ingerir bebida alcoólica e consumir drogas.

“Inicialmente, ele (Isaac) estava bebendo junto com o Felipe e posteriormente, durante a madrugada, foram até a casa do ‘Toinho’ e um terceiro indivíduo, que já esteve na delegacia e prestou o seu depoimento”, disse o delegado. Ainda segundo o titular da DEHS, por volta das 5h, os indivíduos resolveram ir até um balneário, no mesmo ramal, e após chegar ao local, a vítima resolveu ir embora.

“Então, nesse retorno, Isaac teria parado para urinar, foi quando o ‘Toinho’, que estava em posse de uma garrafa de vodca, aproveitou o momento e atingiu a vítima na cabeça e depois o golpeou com o gargalo da garrafa de vidro”, relatou.

Felipe Albuquerque da Silva, 20, teria participado do assassinato de Isaac de Oliveira Ferreira, 25, em setembro de 2018 (Foto: Josué Custódio)

A motivação do crime, conforme a Especializada, seria um suposto relacionamento amoroso entre a mulher de ‘Toinho’ e Isaac. Os suspeitos fugiram com o carro da vítima, mas em determinado ponto da estrada o veículo foi abandonado por falta de combustível.

Um terceiro homem, que não teve a identidade revelada, estaria junto com Felipe e ‘Toinho’ no momento do crime, prestou depoimento, na DEHS, mas foi liberado por não ter participação no crime. ‘Toinho’ ainda está foragido. A DEHS continua investigando o caso. Felipe foi indiciado por homicídio qualificado e será encaminhado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).