Suspeito de abusar sexualmente da própria filha de 2 anos é executado

Homem foi morto com seis tiros na madrugada deste domingo (30), no bairro Tarumã-Açu, um dia após o suposto abuso ter sido registrado na delegacia; abuso foi descartado após exames

Manaus – Suspeito de abusar da própria filha de 2 anos foi executado um dia após o caso ser registrado na delegacia especializada. O homem, foi morto com seis tiros na madrugada deste domingo (30) no beco da Feirinha, na comunidade União da Vitória, no bairro Tarumã-Açu.

(Foto: Divulgação)

De acordo com o tenente Abraão da 20ª Cicom, o homem, identificado como Davy da Mota Castro, 38, foi encontrado morto por vizinhos que ouviram disparos por volta de 1h na casa da vítima que fica no beco da Feirinha, entre as ruas Cacto e Peixe Cavalo, na comunidade União da Vitória, no bairro Tarumã-Açu.

“Ele foi atingido com seis tiros, provavelmente de pistola ponto 40 e têm várias cápsulas no local e ninguém sabe a motivação. Mas, algum tempo atrás, Davy estava envolvido em uma suspeita de molestar uma criança de 2 anos”, disse.

O corpo de Davy, que morava há cerca de três meses no local e trabalhava como pedreiro, foi encontrado caído atrás da porta da casa que ele mesmo construiu. “Bateram na porta e quando ele atendeu e tentou sair, já foi recebendo os tiros nas costas, dentro da própria casa”, explicou o tenente.

Davy Castro foi detido na madrugada deste sábado (29), acusado de estupro e abandono de incapaz, contra sua própria filha de dois anos. O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca). Após exame, foi descartado o abuso.

Ainda segundo o tenente Abraão, não se provou que a criança foi molestada por Davy. “A população já está saturada de tanta violência que a própria população quer fazer justiça com as próprias mãos. Não é o correto, tem que esperar apurar e provar os casos, porque as vezes inocentes morrem enganados”, pontuou.

Anúncio