Suspeito de homicídio, ‘Loirinho’ é preso na manhã desta sexta-feira

Jorge Júnior Moraes de Oliveira estava com mandado de prisão em aberto por suspeita de ter assassinado com duas facadas o morador de rua conhecido como ‘Paixão’

Manaus – Jorge Júnior Moraes de Oliveira, conhecido como ‘Junior Loirinho’, foi preso pela Polícia Civil, na manhã desta sexta-feira (29), em uma casa no bairro Tancredo Neves, zona leste de Manaus. Ele estava com mandado de prisão em aberto por suspeita de ter assassinado com duas facadas Alessandro Paixão Pinto, 37, conhecido como ‘Paixão’, na última terça-feira (26), na Rua Marcos Barros, Comunidade Novo Reino 2, bairro Gilberto Mestrinho, zona leste. Na quinta-feira (28), a polícia solicitou ajuda da população para localizar o suspeito.

Após luta corporal, Loirinho esfaqueou o morador de rua Alessandro Paixão (Foto: Marcos Lima/Divulgação)

Segundo o delegado Charles Araújo, adjunto da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), logo após o crime, os policiais começaram a investigação. “Nossas equipes estiveram na área, fizeram o levantamento e já chegaram a identificar o principal suspeito. Passamos dois dias no local coletando as provas necessárias e pedimos a decretação da prisão dele”, relatou Charles. “Quando conseguimos o mandado de prisão, nós solicitamos a ajuda da população e conseguimos descobrir o paradeiro dele. A prisão foi cumprida por volta das 8h desta sexta-feira, em uma casa no bairro Tancredo Neves. Foi uma prisão bem planejada e ele não teve tempo de esboçar nenhuma reação”, completou o delegado.

Charles Araújo contou que Loirinho e Paixão estavam em um bar, que fica na mesma rua do crime. Eles discutiram e tiveram uma luta corporal. Loirinho então premeditou o crime. Ele se armou com uma faca e voltou ao local. Quando encontrou Paixão, deu duas facadas que atingiram as costas da vítima.

No dia do crime, os moradores estavam revoltados com a situação, disseram que a vítima era uma pessoa querida na comunidade e pediram justiça. Paixão era morador de rua e trabalhava como guardador de carros em um supermercado que fica na mesmo rua onde o crime foi cometido.

Como já há um mandado de prisão em nome de Júnior Loirinho, ele vai ser encaminhado para a Central de Recrutamento e Triagem (CRT), que fica no quilômetro 8 da Rodovia BR-174, onde ficará à disposição da Justiça.