Suspeito de homicídio praticado em 2017 é preso no Gilberto Mestrinho

Homem foi preso após dois meses de investigação. Welington Batista Chaves, 33, usava dois documentos de identidade e já foi preso, em 2013, por tráfico de drogas

Manaus – Policiais civis do 25º Distrito Integrado de Polícia (DIP) prenderam, na tarde desta quinta-feira (5), Welington Batista Chaves, 33, na casa dele, na Rua Evadim, bairro Gilberto Mestrinho, zona leste de Manaus.

Welington Batista Chaves pode responder também por uso de documento falsificado. (Foto: Jimmy Geber)

O homem era procurado por um homicídio praticado em 2017, cujo processo está em segredo de justiça, segundo informou o delegado Ayslan Marques, titular do 25º DIP. O homem já foi preso, em 2013, por tráfico de drogas.

Na delegacia, os policiais civis identificaram que Welington possui duas carteiras de identidade. Em um segundo Registro Geral (RG), o homem afirma se chamar Welington Batista Macedo.

A equipe do 25º DIP suspeita que os dois documentos sejam originais. Caso seja identificado que um dos dois documentos é falso, o homem pode responder também por uso de documento falsificado.

Welington Batista Chaves foi preso em cumprimento a mandado de prisão pelo homicídio e a prisão é resultado de investigação da equipe da delegacia há dois meses. Ele deve ser encaminhado a uma das prisões da capital.

Anúncio