Suspeito de latrocínio é preso nesta sexta-feira

Wennecky Souza Marques confessou ser o autor do homicídio do açougueiro José Valter de Oliveira

Manaus – Wennecky Souza Marques, 20, foi preso na manhã desta sexta-feira (6), apontado pela Polícia Civil (PC) como o autor do homicídio do açougueiro José Valter de Oliveira, 38. O crime aconteceu na madrugada da última terça-feira (3), na casa da vítima, no conjunto Cidadão 9, Distrito Industrial 2, zona leste da cidade.

Segundo o delegado adjunto da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Charles Araújo, o suspeito se entregou na sede da especializada e confessou o crime. A vítima e o suspeito se conheciam, mas não tinham relacionamento próximo.

O suspeito se entregou na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Foto: Yago Frota/GDC)

“Trata-se de um caso de latrocínio. Ele entrou na casa para roubar a vítima, porém, como ela acordou, eles entraram em luta corporal, e o suspeito acabou desferindo os golpes que levaram a morte. A gente desconfia, inclusive, que não era a primeira vez que o suspeito entrava na casa para furtar”, disse.

Conforme o delegado, em depoimento, o suspeito alegou que costumava comprar drogas para a vítima e que a mesma pagava o valor de R$ 10 pelo serviço. Horas antes do crime, Wenneck teria efetuado a compra dos entorpecentes, mas não havia recebido pagamento. Por isso, ele teria entrado na casa do açougueiro, com a intenção de furtar o relógio dele.

“Ele entrou e saiu da casa por uma caixa de ar-condicionado. A vítima morava sozinha e trabalhava no local também. Lá era um comércio e tinha um quarto atrás. Ele tem passagem por furto, é contumaz nessa prática. Inclusive, durante nossas investigações, descobrimos que, junto com outros comparsas, amedrontava aquela população”, acrescentou.

O suspeito foi indiciado por homicídio. Ele será encaminhado para audiência de custódia no Fórum Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.