Suspeito de latrocínio tentado é preso em casa, no Iranduba

O suspeito era procurado por envolvimento em um caso de latrocínio tentado, que teve como vítima um policial civil aposentado, ocorrido em novembro de 2017

Manaus – Adriano da Costa da Silva, 20, conhecido como ‘Pacu’, foi preso, na manhã desta segunda-feira (10), na casa onde morava, na Rua Cruzeiro, bairro Mutirãozinho, Distrito de Cacau Pirêra, em Iranduba (a 27 quilômetros a sudoeste de Manaus), em cumprimento a mandado de prisão preventiva por latrocínio tentado.

Adriano da Costa da Silva, 20, conhecido como ‘Pacu’, foi preso na casa onde morava (Foto: Divulgação/PC-AM)

De acordo com a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), o suspeito era procurado por envolvimento em um caso de latrocínio tentado, que teve como vítima um policial civil aposentado, ocorrido em novembro de 2017, na rodovia estadual AM-070, nas proximidades da Ponte Jornalista Phelippe Daou. À época, a vítima estava conduzindo uma motocicleta quando foi abordada por Adriano e outros dois indivíduos, que ainda são procurados.

Adriano chegou a alvejar o policial civil, mas a vítima utilizava um colete balístico e saiu ilesa do atentado, segundo a PC. Em seguida, o suspeito tomou a mochila do policial civil, onde estavam guardados dinheiro e documentos, além de um relógio e um cordão de ouro.

Adriano foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido no dia 25 de abril deste ano, pelo juiz Túlio de Oliveira Dorinho, da 1ª Vara de Iranduba. Ele foi levado à 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), localizada no município. Posteriormente, o homem será conduzido para uma unidade prisional em Manaus.